Qual foi a porra do feitiço que você colocou em mim pra eu me sentir tão perdida sem você?
Refresh. · F.asked. · Grazi. · Vida. · Diálogos. · texts.
How could you be so fucking heartless?
mais do que imagina

realismos:

Por mais clichê que possa parecer com minha meninice, não sou tão comum assim. Baseada numa timidez estúpida, desenvolvi uma personalidade complicada. Beirando a loucura, nem eu mesma me entendo. Famosa por grandes dramas ou como dizem, mania de “criar tempestades em copos d’agua” eu garanto que não sou nada do que pareço ser. 

Vi a Tati Bernardi falando que “O vinho mais caro não serve pra nada quando a sede é de água.” E logo me lembrei de você, me lembrei que nenhuma loira gostosa ou morena sexy conseguirá ocupar teu lugar no meu coração ou preencher este vazio que tu deixaste. Quem cativa a gente fica pra sempre. Você me cativou. Você me encantou. Você me ganhou. Não vou exagerar usando aquelas falsas hipérboles e falando que não sei viver sem você, porque é mentira, consigo viver sem você. Mas não vivo bem. Sinto falta de dançar contigo. Minhas únicas companhias para as danças tem sido a solidão, a tristeza, a nostalgia e principalmente a saudade. Mas essas companhias não sabem dançar, elas pisam no meu coração. Eu quero você, pisando apenas no meu pé. Volta amor, to com saudade.

nando12.   (via s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)

realismos:

Estou com a sensação de que sou acomodada. Não tenho vontade de conhecer ninguém mais. Escuto as mesmas músicas há um certo tempo. E ignoro tudo isso por razões maiores, como se fosse uma pessoa mais “realista” ao fugir assim. Mas é que ando tão bem. Leve, sem perturbações e pensamentos inadequados. Essa frieza deve fazer mal. Porém, se estou bem, o que mais importa?

(Renata Carneiro)


FUTURASUICIDA ©